• Gov RJ

Text Size

20/12/17 - Microcrédito Produtivo Orientado volta a ser operado pela AgeRio

Volta Redonda é a primeira cidade a receber o microcrédito, e também o Rio em Ação

Esta semana foi realizada a primeira inciativa que marca o retorno das operações do Programa de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), por intermédio de prefeituras fluminenses: a AgeRio e o município de Volta Redonda firmaram um acordo de cooperação técnica que viabiliza a implementação do MPO no município. A cidade também irá implantar o Rio em Ação, visando alavancar as micro e pequenas empresas locais com ofertas de crédito e orientação financeira. Para a assinatura do contrato, estiveram presentes a diretora de Operações da AgeRio, Dara Silva, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, e o gestor do Banco VR de Fomento, Nelson Kruschewsky, que firmou convênio com a Agência a fim de oferecer apoio financeiro aos microempresários.

O MPO será disponibilizado por meio de agentes de crédito vinculados à Prefeitura de Volta Redonda – cinco no total. Tais agentes serão capacitados pelo Sebrae/RJ e irão atuar no ambiente da Associação Comercial da cidade, ou externamente, fazendo prospecção em pequenos estabelecimentos e eventos, para conceder créditos de até R$ 15 mil. Já o Rio em Ação, parceria da AgeRio, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Sebrae/RJ para incrementar micro e pequenas empresas, vai oferecer soluções financeiras que atendam às demandas específicas da região, e que estejam inseridas nas políticas de desenvolvimento econômico local.

Durante a solenidade da assinatura, o prefeito Samuca Silva lembrou que, sem fortes instituições, o município não teria ido tão longe:

– Nosso governo acredita no desenvolvimento econômico como eixo de crescimento da cidade e de geração de emprego. Com planejamento e parcerias está sendo possível avançar. Esse momento é único para esses microempreendedores, pois agora eles têm a possibilidade de fazer o seu negócio crescer – disse o prefeito.

A diretora Dara Silva celebrou o retorno das operações do MPO pela AgeRio:

– Até 2016 era um projeto forte, devido à crise foi suspenso e hoje estamos beneficiando a primeira cidade com a sua reabertura.

Foto: Prefeitura de Volta Redonda