Para equipar

Se o desejo é equipar melhor seu negócio para futuramente adquirir sucesso e expandi-lo, o ideal é investir em boas máquinas, veículos e todo material necessário para tal. A AgeRio investe no seu negócio e é capaz de transformá-lo a partir da disponibilização da linha de crédito.

  • Equipar

    A instalação de máquinas e equipamentos em sua empresa gera melhorias que vão desde o aumento da produção até a otimização de processos e a redução de custos.

    Limite de Crédito

    Até R$ 10 milhões por projeto.

    Condições de Financiamento

    • Prazo até

      60
      meses
    • Carência até

      18
      meses
    • Taxa mensal

      0,78%
      a partir de

Casos de Sucesso AgeRio

Veja nossos financiados e como a AgeRio influenciou em seus projetos.

Mais casos de sucesso

Dúvidas frequentes

Confira as principais dúvidas sobre o crédito para prefeituras

Todas as empresas que preenchem o formulário de Cadastro de Interesse passam por uma etapa de pré-qualificação cadastral.

Devido à segregação de funções entre área de risco e demais áreas da Agência, o acesso à metodologia de análise utilizada nessa etapa é restrito.

É possível afirmar apenas que são utilizadas as respostas encaminhadas pela empresa e algumas bases públicas de dados. Essas informações são comparadas com os critérios de enquadramento para financiamento da AgeRio.

Quando um determinado número de critérios não é atendido, um e-mail é encaminhado automaticamente.

Isso, contudo, não significa uma negativa de crédito, mas um sinalizador de que, provavelmente, a empresa teria dificuldades para passar por alguma das etapas de análise da AgeRio.

A aprovação ou não do financiamento só é possível depois da análise cadastral e de risco de crédito. No entanto, há tarifas que são cobradas para essas análises que não são reembolsadas em caso de não aprovação do financiamento.

Por esse motivo, costumamos orientar os clientes a retornar o contato com a AgeRio em um novo momento. Assim, tanto a situação da empresa quanto os critérios da AgeRio podem ter mudado, sinalizando mais positivamente a possibilidade do financiamento.

Dados os baixos spreads cobrados nas operações de crédito, a AgeRio tem nas tarifas parte importante da sua remuneração. As mais comuns são:

  • Tarifa de Consulta Cadastral
  • Tarifa de Análise de Projetos
  • Tarifa de Avaliação de Garantias
  • Tarifa de Operação de Crédito
  • Tarifa de Acompanhamento

As tarifas são cobradas ao longo do processo de análise. No início, é devida a Tarifa de Consulta Cadastral (R$ 500 a R$ 2 mil, dependendo do porte da empresa).

Se for o caso, para análise das projeções financeiras e plano de negócios, é devida a Tarifa de Análise de Projetos (0,5% do valor proposto de financiamento com um teto variável de acordo com o porte da empresa).

Se houver imóveis oferecidos em garantia, é devida a Tarifa de Avaliação de Garantias (a partir de R$ 750).

No final do processo, há ainda uma Tarifa da Operação de Crédito cobrada na primeira liberação de recursos. Dependendo da linha de financiamento, algumas das tarifas pagas anteriormente são descontadas do valor devido desta tarifa.

Dependendo da linha de financiamento, há ainda uma Tarifa de Acompanhamento. Em caso de não aprovação do financiamento, as tarifas já pagas não são reembolsadas.

As tarifas acima são as mais comuns. Nosso Quadro Tarifário completo pode ser consultado em www.agerio.com.br/index.php/quadro-tarifario .

Além das tarifas, dependendo da linha de financiamento, pode haver incidência de Imposto sobre Operações Financeiras – IOF (1,88% do valor financiado).

Quando há imóveis em garantia, é preciso registrar o financiamento no Cartório de Imóveis. Esse custo varia em função do valor do imóvel e da localidade.

Se o financiamento for realizado com recursos da FINEP, e não houver imóveis em garantia, é necessário registrar o contrato de crédito no Cartório de Registro de Títulos e Documentos – RTD.

Não há uma restrição absoluta a empresas com apontamentos em órgãos como SERASA ou SPC. No entanto, esses apontamentos são considerados na análise cadastral e podem afetar a classificação de risco da empresa junto a AgeRio.

O valor mínimo de financiamento é de R$ 15 mil. O limite máximo depende de uma análise de crédito da empresa e não pode ser definido sem esta análise. Para projetos, por exemplo, o limite de crédito depende da viabilidade financeira do projeto.

Via de regra, é necessário que a empresa apresente faturamento pleno e efetivo nos últimos 24 meses. No entanto, dependendo do setor de atividade e do projeto a ser realizado, pode ser possível a Análise de Viabilidade Econômico-Financeira do Projeto/Plano de Negócios. Para isso, o cliente deve apresentar o projeto do investimento a ser realizado contextualizado no plano de negócios, demonstrando o impacto desse projeto no fluxo de caixa futuro da empresa (em um horizonte igual ou superior ao prazo de financiamento proposto). A abordagem qualitativa do plano de negócios deve abranger todos os tópicos solicitados pela AgeRio (temos um guia pra isso). Esse qualitativo deve ser acompanhado de projeções financeiras com premissas bem fundamentadas. Não temos modelo para as projeções financeiras. Deixamos que a empresa apresente a sua versão e solicitamos aprofundamento do que for necessário. O resultado desta análise atribui um nível de risco ao projeto. Dependendo do risco, não é possível seguir com o processo de financiamento.

Via de regra, é necessário que a empresa apresente faturamento pleno e efetivo nos últimos 24 meses. No entanto, dependendo do setor de atividade e do projeto a ser realizado, pode ser possível a Análise de Viabilidade Econômico-Financeira do Projeto/Plano de Negócios. Para isso, o cliente deve apresentar o projeto do investimento a ser realizado contextualizado no plano de negócios, demonstrando o impacto desse projeto no fluxo de caixa futuro da empresa (em um horizonte igual ou superior ao prazo de financiamento proposto). A abordagem qualitativa do plano de negócios deve abranger todos os tópicos solicitados pela AgeRio (temos um guia pra isso). Esse qualitativo deve ser acompanhado de projeções financeiras com premissas bem fundamentadas. Não temos modelo para as projeções financeiras. Deixamos que a empresa apresente a sua versão e solicitamos aprofundamento do que for necessário. O resultado desta análise atribui um nível de risco ao projeto. Dependendo do risco, não é possível seguir com o processo de financiamento.

Via de regra, é necessário que a empresa apresente faturamento pleno e efetivo nos últimos 24 meses. No entanto, dependendo do setor de atividade e do projeto a ser realizado, pode ser possível a Análise de Viabilidade Econômico-Financeira do Projeto/Plano de Negócios. Para isso, o cliente deve apresentar o projeto do investimento a ser realizado contextualizado no plano de negócios, demonstrando o impacto desse projeto no fluxo de caixa futuro da empresa (em um horizonte igual ou superior ao prazo de financiamento proposto). A abordagem qualitativa do plano de negócios deve abranger todos os tópicos solicitados pela AgeRio (temos um guia pra isso). Esse qualitativo deve ser acompanhado de projeções financeiras com premissas bem fundamentadas. Não temos modelo para as projeções financeiras. Deixamos que a empresa apresente a sua versão e solicitamos aprofundamento do que for necessário. O resultado desta análise atribui um nível de risco ao projeto. Dependendo do risco, não é possível seguir com o processo de financiamento.

O processo de financiamento da AgeRio possui as seguintes etapas de análise:

  • Análise Cadastral
  • Análise de Risco da Empresa e do Grupo
  • Análise de Viabilidade Econômico-Financeira do Projeto/Plano de Negócios (***)
  • Análise da Alçada Deliberativa

Na etapa de Análise Cadastral é realizado todo o mapeamento do grupo econômico, das empresas relacionadas à empresa pleiteante do financiamento, além dos sócios e administradores. Apenas após esse mapeamento é possível dizer qual será a documentação base necessária para análise nas demais etapas. Além disso, é realizada uma pré-qualificação para análise de risco. São levantadas informações cadastrais da empresa pleiteante, dos sócios e das empresas relacionadas em fontes diversas (BACEN, SERASA, SEFAZ, etc.) e, no caso de apontamentos, são solicitados esclarecimentos. A documentação solicitada nesta etapa nem sempre é definitiva. Em algumas situações, dependendo do que for observado ao longo das demais etapas de análise, novos documentos podem ser necessários. Um resultado favorável da análise cadastral é importante para avançar à etapa seguinte.

Na etapa de Análise de Risco da Empresa e do Grupo, o foco é a situação atual da empresa pleiteante dos recursos, de seus sócios/administradores e das empresas relacionadas consideradas relevantes para a análise. Não é analisado, neste momento, nenhum aspecto relacionado ao projeto de investimento a ser realizado pela empresa. Nesta etapa são definidos o limite de crédito, a capacidade de pagamento e a classificação do nível de risco de crédito. Apenas se o nível de risco for aceitável é possível avançar para as demais etapas.

(***) Se a empresa for classificada com nível de risco aceitável, mas não tiver limite ou capacidade de pagamento compatíveis com o valor de financiamento pleiteado, em algumas situações, é possível a Análise de Viabilidade Econômico-Financeira do Projeto/Plano de Negócios. Para isso, o cliente deve apresentar o projeto do investimento a ser realizado contextualizado no plano de negócios, demonstrando o impacto desse projeto no fluxo de caixa futuro da empresa (em um horizonte igual ou superior ao prazo de financiamento proposto). A abordagem qualitativa do plano de negócios deve abranger todos os tópicos solicitados pela AgeRio (temos um guia pra isso). Esse qualitativo deve ser acompanhado de projeções financeiras com premissas bem fundamentadas. Não temos modelo para as projeções financeiras. Deixamos que a empresa apresente a sua versão e solicitamos aprofundamento do que for necessário. O resultado desta análise atribui um nível de risco ao projeto. Dependendo do risco, não é possível seguir com o processo de financiamento.

(***) Empresas com menos de 24 meses de faturamento pleno são consideradas “nascentes” pela AgeRio. A possibilidade de financiamento para uma empresa nascente depende do setor de atividade e do projeto a ser realizado. Se houver enquadramento em alguma linha de financiamento, a Análise de Risco da Empresa e do Grupo ocorre de forma concomitante à Análise de Viabilidade Econômico-Financeira do Projeto/Plano de Negócios.

(***) Em resumo, nem sempre há necessidade ou possibilidade desta análise.

As propostas aprovadas nas etapas anteriores seguem para Análise das Alçadas de Aprovação. Na governança da AgeRio, os órgãos deliberativos são: Comitê de Crédito (formado por membros do corpo técnico da Agência); Diretoria Executiva (formada por todos os diretores e presidente da AgeRio); e Conselho de Administração. A alçada competente depende do valor e do perfil da operação.

Em paralelo às etapas acima, podem ser realizadas outras análises:

  • Análise do Mérito de Inovação
  • Avaliação das Garantias
  • Análise Jurídica
  • Análise de Obra Civil

Análise do Mérito de Inovação é realizada nos projetos que pleiteiam financiamento do Inovacred. O Inovacred é uma linha de crédito reembolsável de repasse da FINEP destinado a projetos inovadores. Os critérios para enquadramento do mérito de inovação são definidos pela FINEP em regulamento próprio e aplicados pela AgeRio nesta análise. O não enquadramento do mérito de inovação para o Inovacred não impossibilita o financiamento da AgeRio. Dependendo do projeto, há possibilidade de financiamento em outra linha disponível da AgeRio.

Todos os financiamentos da AgeRio precisam de alguma garantia. O grau de exigência das garantias está diretamente ligado ao nível de risco da operação e ao valor do financiamento (mas nunca será inferior a 100% do valor financiado). É possível estruturar uma operação de crédito com vários tipos de garantias. Dependendo do tipo, pode ser necessária uma Avaliação das Garantias. Na maioria das situações, essa avaliação pode transcorrer em paralelo a outras etapas.

Alguns perfis de empresa e garantia demandam uma Análise Jurídica. Essa análise é menos comum mas, quando necessária, ocorre em paralelo às demais etapas.

Análise de Obra Civil é requerida nos projetos de investimento que tenham obras em seu escopo. Para obras mais simples, essa análise pode vir a ser dispensada. Na maioria das situações, ela ocorre em paralelo às demais etapas de análise e demanda um conjunto de documentos específicos relacionado ao projeto de obra civil.

Existem algumas restrições legais e normativas nas atividades e itens que podem ser financiados. As vedações mais comuns são:

– Troca de dívidas de outras instituições financeiras;

– Empreendimentos imobiliários em geral;

– Projetos vinculados a atividades bancária/financeira;

– Mineração com lavra rudimentar;

– Produção ou comercialização de armas e munições;

– Projetos desenvolvidos em áreas de proteção e conservação sem permissão legal;

– Saunas e termas.

As linhas de crédito da Agência são destinadas ao financiamento das mais diversas necessidades de investimento das empresas. Devido às condições diferenciadas, os recursos dos financiamentos da AgeRio devem ser direcionados. No entanto, o escopo de itens financiáveis é amplo. Seguem abaixo alguns exemplos:

– Máquinas e equipamentos (novos e usados);

– Obras civis, adequações de layout, instalações e mobiliário;

– Softwares (aquisição de licença ou desenvolvimento por terceiros);

– Treinamentos;

– Serviços de consultoria;

– Licenças, certificações, patentes, etc.;

– Capital de giro associado;

– Outros necessários ao projeto (sem vedação na Política de Crédito da AgeRio).

Se o projeto de investimento for considerado inovador, é possível financiar ainda a equipe própria da empresa alocada no projeto.

A AgeRio não credencia e não indica consultores, pessoas físicas ou jurídicas, como intermediários para agilizar ou facilitar a concessão de crédito.

No Microcrédito Produtivo Orientado, trabalhamos em parceria com Prefeituras conveniadas que indicam os agentes de crédito para atendimento dos microempreendedores.

As agências de fomento, como a AgeRio, são instituições voltadas especificamente para o desenvolvimento regional, ou seja, possuem escopo de atuação delimitado. No caso da AgeRio, esse espaço corresponde ao Rio de Janeiro. Dessa forma, a missão da AgeRio é conceder financiamentos a empresas, microempreendedores e também para Prefeituras do Estado. Sendo assim, nossa missão é promover o desenvolvimento sustentável do Estado do Rio de Janeiro por meio de soluções financeiras.

Tal como os bancos comerciais, a AgeRio também possui status de instituição financeira, mas na prática há algumas diferenças. Por exemplo, você não pode abrir uma conta na AgeRio, como faz nos bancos comerciais. Isso porque nós não podemos captar recursos junto ao público. Outra diferença fundamental é que, por ser uma instituição pública estadual, a AgeRio está sujeita a exigências legislativas federais e estaduais que não abrangem os bancos privados comerciais.

Na AgeRio você encontra a solução para o seu negócio crescer!

Faça uma simulação

Pin It on Pinterest