SuperaRJ atinge a marca de 10 mil negócios beneficiados

As linhas de crédito do programa SuperaRJ alcançaram a marca de 10 mil negócios apoiados em todo o Estado do Rio de Janeiro. Cerca de R$ 125 milhões foram liberados pela AgeRio para que MEIs, profissionais autônomos e informais e micro e pequenas empresas pudessem manter as suas atividades e gerar emprego e renda.

O crédito já chegou a todas as regiões e os 10 municípios com maior número de contemplados são: Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São Gonçalo, Niterói, Belford Roxo, Nova Friburgo, Volta Redonda, São João de Meriti e Magé.

Segundo o governador Cláudio Castro, o marco obtido pela Agência reforça que o apoio aos negócios é crucial para o fortalecimento das atividades econômicas no Estado:

– O governo tem dado atenção especial para os empreendedores de todos os portes e segmentos. Sabemos que sem o nosso apoio muitos fechariam suas portas e estão sobrevivendo graças aos recursos que estamos destinando e, sobretudo, a juro zero. O nosso propósito é fomentar as atividades que sobreviveram à crise da pandemia da Covid-19 e precisam de recursos para se manter ou até mesmo ampliar durante este momento de retomada.

De acordo com Vinicius Farah, secretário de Desenvolvimento Econômico, os resultados já refletem na economia fluminense:

– A situação dos negócios melhorou e o aumento do número de vacinados promete uma maior movimentação do comércio do Estado nos próximos meses. Esses sinais demonstram o sucesso das medidas de apoio ao empresariado do governo – afirmou.

Já o presidente da AgeRio, André Vila Verde, destacou que a presença do programa em todas as regiões permite que a economia local receba atenção especial:

– Nosso time tem atuado para que as linhas de crédito cheguem a todos os municípios. É importante que os negócios na capital e no interior sejam mantidos e cresçam por meio do SuperaRJ. As linhas de crédito têm ajudado milhares de famílias e o retorno de quem já recebeu nosso apoio é o melhor possível.

Apoio permite manutenção dos negócios

A microempreendedora Izabel Cristina da Silva, de 55 anos, foi uma das contempladas no SuperaRJ. Com o financiamento de R$ 5 mil, a empreendedora, do bairro Colégio, na Zona Norte do Rio, comprou mercadorias para manter sua produção de salgadinhos:

– Esse crédito foi muito bem investido para atender a demanda de final de ano – comemorou.

Outro caso de sucesso do programa é a Novo Stilo Produção de Eventos. A empresa de Niterói comandada por Paulo Roberto da Silva, de 59 anos, obteve R$ 50 mil para manter seus funcionários e cobrir as despesas:

– O crédito nos ajudou a manter os colaboradores e impostos do negócio. Sem a AgeRio e o crédito do SuperaRJ, a empresa não sobreviveria – destacou o empresário.

A gente apoia. O Rio cresce!

Saiba mais sobre a AgeRio