Roda gigante Rio Star: o mais novo ponto turístico do Rio é caso de sucesso da AgeRio

Uma nova atração turística do Rio de Janeiro foi financiada pela AgeRio na reta final de 2019: a Rio Star – a maior roda gigante da América Latina. O diretor executivo do projeto, Fábio Bordin, esteve em contato com a Agência, que foi responsável por financiar R$ 3 milhões do valor da construção da roda gigante através de repasse de recursos de inovação do Inovacred, linha de financiamento da Finep, parceira da AgeRio.

A história da Rio Star com a Agência começou há um ano e meio atrás, quando o projeto foi colocado em prática. Seis meses depois, as obras se iniciaram e perduraram por um ano, com tudo correndo conforme esperado.

A Arc Big Eye, empresa responsável pela implantação da roda gigante, optou por instalar a Rio Star no Rio de Janeiro porque a cidade atrai muitos turistas e merecia um ponto que valorizasse e tornasse possível ver toda a beleza presente na região, além de ser um motivo para que os turistas permanecessem por mais tempo no Rio, usufruindo e movimentando a economia da cidade. De acordo com o diretor executivo, a Rio Star está localizada no Boulevard Olímpico, na Zona Portuária, em um local com diversas atividades também interessantes e que podem tomar o dia inteiro do turista para que ele aproveite da melhor forma a região.

Antes mesmo de sua inauguração, que ocorreu no dia 06 de dezembro deste ano, a Rio Star ganhou um prêmio: conquistou a categoria Projeto Inédito do Prêmio Adibra International Networking, apurado pela Associação das Empresas de Parques de Diversões do Brasil (Adibra). Nos primeiros quatro dias de funcionamento, a atração já contava com a participação de mais de dez mil clientes, obtendo um feedback positivo desde o começo.

“As pessoas estão nos dando esse feedback de que realmente é algo inusitado, é algo diferente, é uma nova vista, como nosso tagline diz: ‘a melhor vista da felicidade’. Você enxerga daqui o Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Baía de Guanabara, Maracanã, Ponte Rio-Niterói, Cidade do Samba… É muita coisa bonita, são muitos ícones turísticos do Rio de Janeiro sendo vistos do alto da roda gigante”, contou Fábio Bordin.

Cada uma das 54 cabines possibilita que até oito passageiros curtam a atração simultaneamente durante os 15 minutos que a roda demora a dar a volta completa. A expectativa é que cerca de um milhão de visitantes conheçam a Rio Star anualmente, ou seja, uma média de três mil clientes por dia.

Com a concessão do financiamento da AgeRio, empregos foram gerados no projeto: atualmente, há 100 pessoas trabalhando por meio de empregos diretos e 40 funcionários de apoio, que atuam na limpeza, segurança e fotografia, por exemplo. Além disso, cerca de 20 vagas foram reservadas a moradores do Morro da Providência, vizinho à atração turística.

“Após três, quatro meses, praticamente, desde o nosso primeiro contato com a AgeRio, a gente começou essa parceria mais forte, e fomos super bem atendidos por todas as pessoas”, afirmou o diretor. Ele ainda completou: “foi simplesmente fantástico o trabalho em parceria. Fomos trabalhando juntos e realmente nos deram todo o suporte. Somos muito gratos!”.

Para o diretor, empreender e sair da zona de conforto pode ser um desafio e conta com diversas surpresas pelo caminho. Porém, é isso que movimenta a economia efetivamente. Ele ainda afirma que quem deseja empreender precisa investir, criar, inovar e pesquisar, pois há mercado para todos no Rio de Janeiro.

“Há muita coisa nova surgindo, o mercado está mudando totalmente. A cidade e o Estado do Rio de Janeiro têm tanto potencial, tanto turista visitando, tanta área a ser desbravada ainda… Venham para cá! Isso aqui tem muito a crescer. São muitas as oportunidades e parcerias possíveis no mercado”, valorizou Fábio.

Confira abaixo o depoimento completo do diretor:

Microcrédito para MEIs

Saiba mais!

Pin It on Pinterest