Como usar os canais digitais para alavancar meu negócio

Os canais digitais vêm se desenvolvendo com o avanço tecnológico, trazendo melhorias e vantagens para as empresas, tornando a experiência do consumidor mais adequada e vantajosa e, consequentemente, alavancando suas vendas e aumentando sua receita operacional.

Para isso, é importante pensar em uma estratégia digital e unir ferramentas para aproveitar as oportunidades que o mundo virtual oferece, entendendo sua relevância e como cada canal pode funcionar. O impacto sobre o seu negócio poderá ser enorme.

Mas o que é estratégia digital?

A estratégia digital é um plano amplo e integrado que abrange todo o negócio e tem como objetivo atingir as metas da empresa utilizando meios digitais. Mas para que ela possa funcionar corretamente é preciso estudar o mercado e seus concorrentes, incorporando todo o processo aos seus meios de comunicação online.

Através deste planejamento digital é possível trabalhar em canais digitais que proporcionem opções relevantes para que o seu negócio possa crescer.

Logo, ter uma estratégia digital é o primeiro passo para quem deseja inserir seu empreendimento no mundo online e, assim, amplificar sua atuação na geração de novos clientes.

Quais são os principais canais?

Canais de marketing digital são os meios utilizados para captar novos clientes. É todo recurso online a serviço de um negócio que tem como propósito atrair novas pessoas, conquistá-las e, consequentemente, fidelizá-las.

Esses canais podem ser constituídos de diversas formas. No entanto, dentro do Marketing Digital, há alguns básicos e mais fáceis para inserir qualquer negócio.

Os 6 canais digitais mais utilizados

1-Redes Sociais (Facebook, Instagram, Whatsapp, Youtube, etc)

Hoje em dia se tornou necessário ter uma página nas redes sociais, pois esses ambientes são amplamente usados no mundo inteiro. Relatório feito pela We are Social em parceria com a Hootsuite apontou que 66% da população brasileira é usuária das redes sociais!

 

Este número equivale a 140 milhões de usuários ativos e pode representar milhares de oportunidades de vendas, ampliando o seu negócio.

Criar uma página nestas redes é gratuito, mas lembre-se: é necessário ter um planejamento de publicações e de atendimento aos clientes na plataforma, pois apenas a presença no canal não garante todo potencial que pode ser explorado.

Dica: Crie uma identidade visual para suas publicações que tenha ligação com o seu negócio. Consistência e padrão transmitem segurança e confiança ao consumidor.  Além disso, esteja sempre ligado no mercado, aproveite situações do dia a dia para montar posts e gerar interações com seu cliente.

2-E-mail Marketing

O e-mail do usuário se tornou o bem mais valioso do mercado, e engana-se quem pensa que tal ferramenta perdeu o valor. Este canal mais direto com o consumidor tem se tornado a principal plataforma de relacionamento com seu público. Segundo o site “Ecommerce Brasil”, o e-mail marketing apresentou a melhor taxa de conversão em vendas entre os canais digitais, em 2018. Nunca ignore esse canal, pois com ele você possui a melhor informação do seu “lead”, o e-mail. Com ele você poderá estudar e estruturar ações diretas e que gerem valor, consequentemente convertendo seus usuários.

Dica: Não compre lista de e-mails! Se você ainda não possui uma audiência, faça estratégias que gerem público, a partir das quais você possa captá-los. Veicule sempre conteúdos com relevância para o seu consumidor, utilize boas imagens e botões de chamadas para ação (call to action) atrativas e persuasivas.

3-Busca Orgânica

Quando você procurar alguma loja, serviço ou empresa na internet, onde você vai? Os mecanismos de busca, tais como o Google, Yahoo e Bing, concentram mais de 3 bilhões de usuários e é inimaginável você não inserir seu site nestas plataformas.

Lembre-se de estar atento às configurações do seu portal. É essencial que nestas buscas seu site apareça entre os primeiros colocados para aumentar sua conversão.

Dica: Contrate um bom profissional para construir seu site e que esteja atento a questões como palavras-chave utilizadas, velocidade de carregamento do portal e configurações internas. Pontos como esse são essenciais para verificação do Google e de outros buscadores.

4-Referência

Realizar parcerias é uma ação estratégica para o seu planejamento, inclusive as parcerias digitais: sites e influenciadores que possam divulgar seu site ou conteúdo em outras plataformas. Isso reforça a veracidade e a confiança do seu negócio perante os consumidores.

Além disso, ter essas referências em outros portais é um critério valorizado pelos mecanismos de busca, conforme falamos no item anterior, o que auxilia seu canal nas buscas orgânicas.

Dica: Faça artigos e publique-os em seu site. Na sequencia, entre em contato com blogs, sites do segmento e peça que eles compartilhem a publicação.

5-Mídia Paga

No item 1 falamos da amplitude que as redes sociais possuem e sua quantidade de usuários, e no item 3 sobre posicionamento nos mecanismos de busca. Essas plataformas oferecem mecanismos de venda para que você consiga alcançar uma audiência qualificada e ser de fato “visto” pelo público.

Apesar de serem gratuitas, é essencial que o seu negócio invista em publicidade patrocinada nessas ferramentas, como anúncios em Google Adwords, posts patrocinados e redes de display, a fim de obter um alcance maior e mais segmentado.

Dica: Ao utilizar mídia paga, segmente seu público pois assim sua taxa de conversão será maior e, como resultado, seu investimento será menor.

6-Tráfego direto (Site e blogs)

O último item é o que consideramos mais importante: ter um canal central que integre todas as suas estratégias e canais digitais. Um site é extremamente importante não só para o tráfego direto (quando um usuário já te conhece e digita de primeira o seu site no navegador). Essa ferramenta também funciona como  ponto focal para unificar seus canais e suas ações.

Você pode até ter um site simples, mas este canal é essencial para obter credibilidade e a referência que destacamos no item  4. É importante se posicionar no ambiente virtual com um site ou blog no qual você possa sempre encaminhar seu cliente para realizar alguma ação.

Dica: Para conseguir um bom tráfego direto, construa sites e blogs com layout responsivo (adaptados a dispositivos móveis).

 

Meu negócio precisa estar em todos esses canais?

Como falamos no início deste texto, é essencial pensar na estratégia digital justamente para você saber qual canal irá se encaixar melhor no seu negócio. Você deve se planejar e estruturar todas as suas ações e como irá lidar com elas, pois não adianta, por exemplo, abrir um canal de vendas no Facebook ou Whatsapp e não ter como atender os clientes por essas ferramentas.

Planeje, se organize e estude o seu mercado e como seus concorrentes se comportam e se posicionam no ambiente virtual. Analise suas qualidades, quais são pontos fortes e veja como seu negócio pode se destacar e atingir os melhores resultados.

 

Yuri Brito – Consultor de Comunicação e Marketing da AgeRio

Na AgeRio você encontra a solução para o seu negócio crescer!

Faça uma simulação

Pin It on Pinterest